sexta-feira, 31 de maio de 2013

Técnica para acalmar o bebé quando está a chorar

Embalar, abanar, cantar, sussurrar, por na espreguiçadeira...faz tudo isto e nada, o bebé não se cala e chora sem parar. Qual é a mãe que não passou por isto, sobretudo nos primeiros meses.

Há várias técnicas para acalmar bebés mas a do "rolinho", como chamamos carinhosamente cá em casa, não falha.

Já fizemos o "rolinho" para o filho mais velho quando era bebézinho e resultava. E agora o pequenino, embora às vezes tente resistir, acaba por acalmar.

No fundo só tem de pegar numa mantinha e, seguindo mais ou menos a imagem fazer um "rolinho". O bebé vai sentir-se aconchegado e, subitamente acalmar.

Os especialistas dão como explicação o facto de o bebé estar apertado na barriga da mãe, e na parte final da gravidez o espaço já é mesmo muito pequeno. Por essa razão, aconchegá-lo de forma bem ajustada numa mantinha transmite-lhe uma sensação semelhante à da barriga da mãe, que é um local familiar e que o acalma.

Cá em casa somos adeptos do "rolinho". Descobrimos quando o mais velho nasceu e, desde então, não abandonamos a técnica.

Para quem queira experimentar fica a dica. Se conhecerem outras técnicas partilhem :)

Acompanhe "As Dicas da Bá" também pelo Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

Segurança Social corrige esclarecimento do Anexo SS



Os trabalhadores independentes que descontam para a Segurança Social por uma profissão dependente não têm de entregar o anexo SS.

O anexo SS que os trabalhadores independentes têm de entregar em conjunto com o IRS tem gerado várias dúvidas e o esclarecimento que Finanças colocaram no site a acabou por aumentar ainda mais as incertezas. 

O esclarecimento dizia que quem tem de entregar este anexo SS, que se destina a declarar a actividade à Segurança Social. 

A nota de esclarecimento, publicada no Portal das Finanças e que utiliza informação da Segurança Social, indicava então que o anexo não tinha de ser preenchido por vários grupos, nomeadamente trabalhadores que acumulam a sua actividade independente com trabalho por conta de outrem e que descontam por esta última actividade para a Caixa Geral de Aposentações (CGA) ou outros regimes que não a Segurança Social. Ou seja, os trabalhadores independentes que, ao mesmo tempo, tivessem um trabalho dependente e que por esta função descontassem para a Segurança Social, teriam de entregar o anexo, a avaliar pelo esclarecimento.

Segundo o Diário Económico, o jornal questionou o ministério da Segurança Social sobre esta diferença de tratamento e acabou por sair um novo esclarecimento que veio corrigir a nota avançada ontem. 


Assim, entre outros grupos, estão excluídos do preenchimento do anexo "os trabalhadores independentes quando acumulem actividade independente com actividade profissional por conta de outrem e, que por esta última actividade lhes foi atribuída isenção" de contribuições. 

No entanto, há regras para a isenção. O trabalhador independente só não tem de descontar, nesta qualidade, para a Segurança Social se descontar enquanto trabalhador por conta de outrem, estando inscrito num regime de protecção social obrigatório (Segurança Social ou CGA, por exemplo). No entanto, o trabalho independente e dependente tem de ser prestado a empresas sem relação de grupo e o salário anual pago (pelas funções por conta de outrem) tem de ser superior a 5.030,64 euros (419,22 euros por mês).

No ano passado, os trabalhadores independentes já tiveram de entregar esta declaração mas  directamente à Segurança Social. Agora fazem-no através do preenchimento do Anexo SS no IRS.

Leia aqui: Trabalhadores independentes têm até final de Junho para entregar o Anexo SS


O que andaram os serviços a dizer...

Antes do esclarecimento muitas pessoas contactaram os serviços telefónicos das Finanças e Segurança Social.  

Logo pela manhã telefonei para as Finanças para colocar a questão e confirmaram-me que é preciso entregar, "mesmo que seja a zeros", referiu o funcionário. 

Confesso que o senhor que falou comigo parecia perceber menos daquilo do que eu (ficou a parecer-me que foi contratado de última hora para responder ao elevado volume e que lhe disseram: "tens de dizer que é para entregar").

De qualquer forma, lá me disse que tinham prolongado o prazo e que os trabalhadores que acumulem trabalho dependente com recibos verdes tinham de entregar.

Confrontei-o com o seguinte facto: "Então mas se isto foi apenas uma alteração do código contributivo, que vem dizer que em vez de entregar o dito anexo de forma autónoma tenho de entregar juntamente com o IRS, então também deveria ter entregue no ano passado. Certo?" E a resposta foi: silêncio. A que se seguiu um tímidos "pois, mas tem de entregar".

Entretanto uma leitora do blog (Marta Fernandes, a quem agradeço :) ), numa verdadeira parceria comigo, ligou para a Segurança Social. Há pouco trocou informações e confirmou que tem de se entregar o Anexo SS. 

Ainda assim de salientar, segundo a Marta, que os funcionários não pareciam muito informados porque nem sabiam do prolongamento da entrega do Anexo SS até final de Junho.

E, ao que parece, os funcionários que contactados estavam mal informados. Haja paciência para tanta contra-informação.


Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

Trabalhadores independentes têm até final de Junho para entregar o Anexo SS

O ministério da Segurança e da Solidariedade Social prolongou por mais um mês o prazo de entrega do Anexo SS para os trabalhadores independentes juntamente com a declaração de IRS. 

Desta forma, os trabalhadores independentes têm até final de Junho para entregar o Anexo SS sem qualquer penalização. Mas atenção: a entrega de IRS continua a ser como prazo limite 31 de Maio.

Este ano, pela primeira vez, a informação sobre os serviços prestados no ano anterior passou a ser prestada juntamente com a declaração de IRS. 

Quem não entregar o Anexo SS até final de Junho arrisca uma coima de até 250 euros.

Muitos contribuintes queixaram-se de falta de informação. Por essa razão, o Fisco divulgou ontem no site uma nota de esclarecimento sobre quem estava excluído do preenchimento.


Fica a dica de que tem até o final de Junho para entregar o Anexo SS.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Finanças esclarecem quem está excluído de preencher o novo Anexo SS no IRS

O novo Anexo da Segurança Social (SS) gerou alguma confusão sobre a sua entrega, nomeadamente para os trabalhadores por conta de outrem que tenham, simultaneamente, recibos verdes.

O site da Segurança Social indicava um conjunto de grupos que estavam excluídos do preenchimento (veja aqui), indicando que esses não teriam de preencher o Quadro 6 mas o campo 2 com indicação de "não". Além disso, os funcionários das Finanças estavam a transmitir informações de que seria obrigatório o preenchimento


No entanto, o Bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Conta já tinha vindo explicar que o modelo do Anexo SS resulta de uma alteração do Código dos Regimes Contributivos que tornou obrigatória a declaração à Segurança Social da actividade dos trabalhadores independentes, e que deve ser entregue este ano, pela primeira vez, com a declaração de IRS.

As informações contraditórias levaram a Autoridade Tributária e Aduaneira a publicar um esclarecimento no site, adiantando que o "Universo dos trabalhadores independentes que estão excluídos da obrigação de preenchimento do modelo RC 3048-DGSS, designado por Anexo SS que foi aprovado pela Portaria n.º 103/2013, de 11 de março".

Além dos grupos já conhecidos, o documento adianta que estão ainda excluídos do preenchimento do referido Anexo "os trabalhadores independentes quando acumulem atividade independente com  atividade profissional por conta de outrem e, que por esta última atividade lhes foi atribuída isenção, por estarem abrangidos pelo regime da Caixa Geral de Aposentações ou por outro regime de proteção social, que não seja o regime de  segurança social".

Veja o esclarecimento do Fisco aqui

Fica a dica para quem estava com dúvidas. Também me senti confusa e perdida neste processo e a um dia do termino do prazo não se percebe a demora no esclarecimento.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

Saiba qual o biquini ideal para o seu tipo de corpo

Com alguns truques e dicas na hora de escolher o biquini pode criar a ilusão de curvas onde elas não existem, e atenuar outras.
Veja qual é o seu tipo de corpo, a solução e o tipo de biquini que deve escolher para estar o melhor possível no Verão.

Veja também: Simulador de perda de peso 

Pêra

Forma do corpo: Os ombros e a cintura são mais estreitos que as ancas
Solução: Equilibre a desproporção entre os ombros e as ancas, suavizando a parte de baixo e acentuando volume na parte de cima
Biquini:  Disfarce o volume das ancas com partes de baixo escuras e com laterais mais largas. Tente criar volume usando tecidos estampados na parte de cima. Cai-cai com detalhes e drapeados é bem-vindo.

Ampulheta

Forma do corpo: A medidas dos ombros é a mesma que das ancas e a cintura mais estreita
Solução: Valorize a forma natural do corpo
Biquini: Este tipo de corpo fica bem com qualquer tipo de biquini. Pode abusar de partes de baixo pequenas, estampados, laços, etc. Apenas de evitar os extermos, ou seja, partes de baixo demasiado largas ou fio dental.

Retângulo

Forma do corpo: As ancas, cintura e ombros têm praticamente as mesmas medidas
Solução: Disfarce a silhueta reta com linhas curvas
Biquini: Os trikinis são uma boa opção para criar a ilusão de curvas e movimento. Nos biquinis, o cai-cai é uma boa opção e modelos com linhas horizontais ou drapeados. Na parte de baixo, para quem não tem cintura a opção são modelos mais cavados e com aplicações ou amarrações de lado. As Cores claras e estampadas coloridas também ajudam a dar uma ilusão de ancas mais largas.

Triângulo Invertido

Forma do corpo: Os ombros têm medida maior do que a cintura e ancas
Solução: Equilibre a desproporção suavizando a parte de cima e deixando o volume para a parte de baixo
Biquini: Deve dar preferência a partes de cima de alças retas, que "quebram" a largura dos ombros, que ofereçam boa sustentação e que sejam escuros e lisos. Em baixo utilize modelos mais reduzidos ou tangas que podem ter, lateralmente, drapeadados ou aplicações que causam a ilusão de que as ancas são mais largas. Opte por cores claras ou estampadas, principalmente com riscas horizontais.

Oval
Forma do corpo: A largura da cintura é bem maior do que a dos ombros e ancas
Solução: Disfarce o formato oval com linhas que alongem.
Biquini: Prefira fatos de banho com drapeados na diagonal para dirfarçar gorduras. Opte por modelos escuros ou riscas verticais. Nos biquinis decotes em "V" ou "U" alongam a silhueta e disfarçam o volume dos seios, sendo que convem ter uma boa base de sustentação. Na parte de baixo opte por modelos largos e subidos que tapem um pouco a barriga.

Ficam aqui as dicas para escolher o biquini ideal neste Verão para o seu tipo de corpo.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

"Black Weekend Viagens": El Corte Inglês lança campanha com preços reduzidos

A agência de Viagens do El Corte Inglês vai lançar uma nova campanha de viagens com preços apelativos intitulada “Black Weekend”.

De 31 de Maio (sexta-feira) a 2 de Junho (domingo) poderá aproveitar para comprar um pacotes ou dias de férias a preços mais reduzidos (lugares limitados.

Conheça quais são as promoções. Clique aqui.

Basta visitar as agências do El Corte Inglês de Lisboa e Gaia, ou na loja no Campo Pequeno que, excepcionalmente, estará aberta dia 1 de Junho (sábado) das 14h às 19h.

Fica a dica para quem está à procura de umas férias a bons preços.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like da página.

Trabalhadores independentes: não se esqueça do novo Anexo SS no IRS

Os trabalhadores independentes são obrigados, quando entregarem a declaração de IRS este ano, a preencher o novo Anexo SS (Segurança Social).  Para quem já entregou o IRS e não preencheu o novo Anexo, tem até ao último dia (31 de Maio) para reparar a falha e submeter uma nova declaração sem qualquer custo. Terminando este prazo poderá ter de pagar uma multa de 46,38 euros a que podem acrescer mais 50 euros.

A novidade não está na obrigação de declarar, porque essa já existia, mas sim meio que passou a ter de ser usado pelos contribuintes para fazerem chegar à Segurança Social a informação sobre o valor que receberam e a empresa responsável pelo pagamento, segundo explica um artigo do Dinheiro Vivo. É que até aqui esta obrigação declarativa era feita de forma autónoma até 15 de fevereiro, mas este ano passou a ser feita com a declaração do Modelo 3 do IRS.
Uma das questões referente a preenchido do novo Anexo prende-se com o facto de nem todos os contribuintes se aperceberem que têm de “puxar” na opção “novo anexo” quando estão a preencher a declaração do imposto, havendo casos em que a submeteram sem aquele impresso da segurança social porque o sistema não emite nenhum aviso. Por essa razão, deve ter em atenção que é necessário criar um “novo anexo” e preencher para evitar coimas.

A informação que consta no site da Segurança Social descreve quem está obrigado a enviar o Anexo SS e aqueles que estando obrigados a enviá-lo não necessitam de o preencher na totalidade, especialmente o campo destinado à identificação dos adquirentes.

Segundo o Dinheiro Vivo, isto significa que, embora todos os os titulares de rendimentos da categoria B terem de enviar o referido impresso (mesmo os que não tenham obtido qualquer rendimento no ano anterior), há um grupo que não tem de proceder à identificação dos adquirentes  nomeadamente os advogados e solicitadores (porque têm uma caixa de previdência própria que não a segurança social), os cônjuges dos trabalhadores independentes, os que estão isentos (por por exemplo contribuírem para a segurança social enquanto trabalhadores por conta de outrem) ou os que estão na categoria de independentes por imposição legal, como sucede com os notários  ou agentes de seguros.

Do lado da segurança social, o valor das coimas para as contra-ordenações leves (que será a categoria em que se inclui o não cumprimento de uma obrigação declarativa) tem um patamar mínimo de 50 euros, podendo ir até 250 euros.

Leia o esclarecimento da Segurança Social aqui.

Para os trabalhadores independentes fica a dica. Têm até dia 31 de Maio para entregar o IRS com o Anexo SS sem qualquer penalização.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Na compra de um Toyota Yaris ganha 2.000 euros em cartão Continente

O Continente e a Toyota fizeram uma parceria que irá permitir que, na compra de um Toyota Yaris possa ganhar 2.000 euros de desconto em cartão do Continente.

Como funciona?

1) Compra do Toyota Yaris - Visita um concessionário Toyota e escolhe um modelo Yaris.

2) Apresentação do Cartão Continente - Preencher o formulário de adesão da campanha no concessionário Toyota para usufruir do desconto de 2.000 euros no Cartão Continente.

3)Ir às compras - O valor é carregado no cartão e pode ir às compras a qualquer Continente com esse valor.

Esta promoção é válida para clientes particulares e empresas em nome individual, na compra de qualquer versão do Toyota Yaris, automóveis novos, matriculados até 31 de Julho de 2013, e limitado ao stock existente.

A campanha é válida nas lojas Continente e concessionários Toyota autorizados em Portugal. Veja quais são os concessionários aqui.

Para mais informações pode consultar o site da campanha (aqui).

Para os interessados fica a dica.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

Simulador: Saiba como fica o seu corpo com mais e menos peso


Um dos problemas quando queremos emagrecer é saber quantos quilos devemos perder sem que nos fique mal e conseguirmos imaginar como ficará o nosso corpo.

Pois é, mas acabaram esses problemas. Agora já pode simular o seu corpo com o peso actual e depois com o peso que quer atingir. O simulador mostra-nos as diferenças no corpo e, acaba por funcionar como o incentivo.

Tem apenas que introduzir os seus dados: altura, peso e forma do corpo. Depois pode ainda detalhar a simulação para ficar o mais próximo da sua imagem, onde pode definir o cabelo, lábios, forma do rosto e até a roupa e paisagem.

O simulador dá para homens e mulheres.

Eu já experimentei e gostei. Agora vou focar-me para atingir o objectivo.

Para simular o seu corpo clique aqui.

Se quiserem, partilhem a experiência na página do Facebook "As Dicas da Bá".

Sport Zone oferece um automóvel Opel Mokka Cosmo

A Sport Zone lança dia 29 de maio um passatempo de fotografia na sua página de Facebook, no qual irá oferecer um automóvel Opel Mokka Cosmo 1.7 CDTI. O passatempo, resultante de uma parceria exclusiva estabelecida com a Opel Portugal, vai premiar as fotografias mais originais sobre o tema “Ativo ao Ar Livre”.

Os participantes deverão fazer ‘like’ nas páginas Facebook da Sport Zone e da Opel e fazer compras de valor igual ou superior a €30 numa das lojas Sport Zone em Portugal, entre os dias 29 de maio e 28 de junho

De seguida, basta preencher o formulário de candidatura, disponível no site do passatempo, e anexar uma fotografia que se enquadre na temática “Ativo ao Ar Livre”.

Fotografias 
Pretendem-se fotografias criativas e arrojadas, que respeitem os valores associados às duas promotoras do passatempo, e que abordem todas as atividades desportivas que tipicamente são praticadas junto da natureza, seja no ar, na terra ou na água: caminhadas, corridas, bicicleta, hipismo, montanhismo, esqui, vela, surf, canoagem, mergulho, rapel, escalada, para-quedismo, parapente, entre muitas outras atividades desportivas outdoor.

O júri do passatempo selecionará dez fotografias finalistas, que posteriormente serão sujeitas a um processo de votação pública no Facebook. A foto mais votada será premiada com o novo Opel Mokka Cosmo 1.7 CDTI. Os 2º, 3º, 4º, 5º e 6º prémios serão recompensados com uma estadia de duas noites no Pedras Salgadas Spa & Nature Park, em Eco House com capacidade até 6 pessoas, ao volante de um Opel Mokka. Do 7º ao 10º prémio, os participantes vão receber uma bicicleta Trailrock 1.2 da marca Berg Cycles.

Para todos os interessados fica a dica. Participem. Afinal sempre é um automóvel.

Acho que vou começar a fazer umas experiências fotográficas :)

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

Pavilhão do Conhecimento apresenta programa especial para o Dia da Criança

O Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, apresenta um programa especial a 1 de Junho, a propósito da comemoração do Dia da Criança.

Entre teatro, livros, experiências e um espectáculo, são várias as actividades para os mais pequenos.

Por exemplo a peça "Viva a Ciência" sobe ao palco do nosso auditório às 11.30. A protagonista é Eugénia, uma menina de sete anos que numa viagem cheia de aventuras irá descobrir que a ciência está em todo o lado e é uma ajuda preciosa nas nossas vidas. Para as famílias que prefiram uma visita durante a parte da tarde, a segunda sessão é às 15h.

Ao longo de todo o dia haverá refrescos fumegantes, gelados de azoto, sorvetes de sal e gelados quentes de iogurte para os visitantes mais encalorados. E ainda experiências fresquinhas a rolar na bicicleta científica do Pavilhão: escolha uma do cartaz e descubra como a ciência pode ser tão apetecível como uma bola de gelado num dia de Verão. 

E por falar em gelo, as famílias que estejam preparadas. É que ao final da tarde a temperatura no auditório do Pavilhão vai descer para temperaturas "aterradoramente geladas" num science showpara toda a família. 

Para mais informações sobre o programa pode consultar aqui.

Nota: A participação nas actividades, science show e lançamento do livro é gratuita. A visita às exposições é paga, de acordo com a tarifa habitual. 

Pode consultar os preços aqui.

Fica a dica para um dia diferente com um programa bastante diversificado.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.

César Mourão: "Invisto tudo o que tenho no Sporting, emocionalmente falando"

César Mourão é um verdadeiro homem multifacetado. Actor, apresentador e comediante, César começou desde cedo a revelar talento para o teatro e imitar pessoas conhecidas. Formado pelo Chapitô, este sportinguista ferreno ficou conhecido pelas suas colaborações com Herman José no programa Hora H e, mais tarde, no programa Fátima, sobretudo pela sua famosa personagem “Carcaça”.

Atualmente, além de fazer parte dos “Commedia a la carte”, César Mourão apresenta o programa “Gosto Disto” com Andreia Rodrigues, tendo sido um dos elementos mais emblemáticos do programa “Vale Tudo”.

Em entrevista ao Blog “As Dicas da Bá”, César Mourão explicou qual a sua relação com o dinheiro e onde investiria. Leia a entrevista:

Qual a sua relação com o dinheiro?  
Pouca, como a de um primo afastado. Sempre ouvi dizer que quanto menos lhe ligarmos melhor.

O que costuma trazer sempre na carteira?
Não gosto de carteiras, tento não usar.

O que comprou com o seu primeiro ordenado?
Viagem a Barcelona (creio).

Quem é mais gastador: homens ou mulheres?
Depende dos homens e das mulheres, o dinheiro não tem sexo.

Qual o objecto que não venderia por dinheiro nenhum?
Simples objectos de família 

O que faria se ganhasse o Euromilhões?
Continuava a fazer o que faço mas com mais dinheiro de produção.

Qual o melhor investimento que já fez?
Tirando casa, todas as viagens que fiz. Investimento cultural e intelectual
Qual o montante que a faria deixar de trabalhar?
Nenhum.

Na comédia é um especialista no improviso, na gestão do orçamento também improvisa ou segue algum plano?
O plano da minha mãe, "finge que tens metade do que tens, e desse dinheiro gasta metade à vontade".

Sendo um sportinguista fervoroso, investiria no seu Sporting ou acha mais prudente separar o investimento da emoção?
Invisto tudo o que tenho no Sporting, emocionalmente falando! 

Leia aqui outras entrevistas.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.